9 de maio de 2009

"amiga"

Há uma "amiga" que era Amiga, que deixou de ser Amiga, que queria ser minha Amiga outra vez, mandou recado, e eu não quis, e que é a única pessoa a quem não falo no Mundo Inteiro há 15 anos, porque me fartei de ser espezinhada...
...que fez anos ontem.
É a pedra do meu sapato.
Que já doeu, mas já não dói.
Incomoda um bocadito, mas aguenta-se.
Porque há coisas que só assim.
E porque há pessoas que não merecem o quanto nos damos.

2 comentários:

Anónimo disse...

Quando isso acontece, não sabemos o que fazer... Ser superior... perdoar... por para trás das costas... não ligar 'nerum'...
É complicado de facto. Acho que simplesmente não queremos remexer em velhas feridas que já nos deram tanto trabalho...
Bjs M.

Viajante no tempo disse...

Eu penso que é pegar em mais do mesmo. E o á-vontade não será o mesmo, a confiança não será a mesma... a Amizade não será a mesma. São 15 anos de nada e de tudo. Sabes uma coisa minada, que parece rendilhada e quando tocas desfaz-se? Seria assim.
Pronto vou casar-me com ela na próxima vida... :) há-de ser lindo, há-de!